Terça-feira, 29 de Janeiro de 2008

Noticia: Centro de Artes e de ciências do Mar

       Domingo, 27 de Janeiro, inaugurou-se mais uma obra municipal: a recuperação da antiga fábrica da baleia SIBIL, agora adaptada a Centro de Artes e de Ciências do Mar. Centenas de lajenses e de convidados do exterior e a comunicação social regional e nacional fizeram deste acto um enorme sucesso. Honraram ainda este evento muitos antigos baleeiros, trabalhadores da fábrica e seus familiares, e muitas individualidades, entre elas o Reitor da Universidade do Açores, entidade com a qual o Município estabeleceu um protocolo para este projecto. Este foi mais um objectivo concretizado na estratégia do desenvolvimento do município.

publicado por futurodirasbaleia às 13:55
link do post | comentar | favorito

Brasão da vila das Lajes do Pico

 

 

Armas da vila das Lajes

 

      De prata, com um vulcão de negro vomitando rolos de chamas de ouro e vermelho, saliente de um mar ondeado de três faixas de verde e de prata. Em chefe, um açor de negro realçado de ouro, voante, tendo nas garras uma quina de Portugal. Coroa mural de prata de quatro torres. Bandeiras esquartelada de verde e de negro. Cordões e borlas das mesmas cores. Haste e lança douradas.

 

 

 

 

publicado por futurodirasbaleia às 13:18
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 24 de Janeiro de 2008

Fotos do Pico

publicado por futurodirasbaleia às 14:16
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 8 de Janeiro de 2008

O que o mar nos oferece

Pesca

 

         Na pesca pode-se distinguir dois tipos: pesca desportiva e profissional.

         O pescador desportivo pode aqui efectuar boas capturas de Sargos, Tainhas, Vejas, Garoupas, Bodiões, Pargos, Anchovas, Bicudas, Serras, etc.

         De barco, há a possibilidade de capturar Espadins, Atuns, Tubarões, Espadartes, etc., assim como algumas espécies de fundo, como o Cherne ou o Goraz.

          Na nossa ilha a pesca profissional realiza-se em grande número, esta destina-se ao mercado local, nacional e internacional.

As espécies marinhas mais capturadas são: Bonito gaiado, Chicharro, Patudo, Peixão, Cavala, Goraz, Boca negra, Lula, Safio e Cherne chernote.

 

     Fig. 1 Pesca praticada no Pico 

 

 

                         Observação de baleias

 

A nossa ilha é ponto de encontro dos Cetáceos no Atlântico. A cadeia alimentar rica atrai variadas espécies durante todo o ano, tendo já sido avistadas cerca de 26 diferentes.

         Os Cachalotes estão presentes durante todo o ano, ao passo que as grandes baleias de barbatana passam pela região entre Abril e Junho. Um encontro com a Baleia Azul, o maior animal existente na Terra, é de cortar a respiração! Em todas as viagens de observação marítima é possível encontrar golfinhos.

         Os maiores operadores desta actividade estão situados na Madalena e nas Lajes do Pico!

 

  Fig. 2 Cachalote (Physeter macrocephalus)

 

Mergulho

 

         A nossa ilha oferece os melhore mergulhos dos Açores. Os ilhéus ao largo do Pico, no canal do Faial, são conhecidos mundialmente como o ex-libris dos mergulhadores.

         As espécies de peixe mais frequentes são a Barracuda, o Bonito e o Atum, embora se possam também encontrar espécies locais como a Garoupa, Pargo e Bodião. As formações de lava submarinas são espectaculares, com cavernas, túneis e arcadas.

         A altura do ano mais apreciada para mergulho é a chegada das arraias no mês de Julho.

 

 

Nadar com golfinhos

 

         Os golfinhos são as crianças do mar. Eles adoram nadar e mergulhar em frente e ao lado dos barcos, o que constitui uma experiência fantástica para os observadores.

         Nos últimos anos, as empresas de observação de baleias incluíram no seu programa a possibilidade de nadar com os golfinhos e observá-los debaixo de água. No total, podem ser observadas cinco espécies diferentes, mas também se pode encontrar tartarugas, peixe-sol e raias-manta.

 

        Fig. 3 Golfinho (Delphinus delphis)

 

                          
publicado por futurodirasbaleia às 13:06
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 3 de Janeiro de 2008

Cultura

Pratos típicos/Doçaria/Vinhos

 

            Peixe fresco, boa carne de vaca e bons mariscos, são matéria-prima para confeccionar deliciosas refeições. Os famosos caldos de peixe, linguiça e torresmos com inhames, molha de carne e polvo guisado são pratos a experimentar.

            O queijo do Pico, como entrada ou sobremesa, acompanhado por pão ou bolo de milho caseiro.

            Na doçaria, o arroz doce, massa sovada e bolo véspera são especialidades cá da terra!

            Os vinhos de Pico têm tradição. O VLQPRD Pico, aperitivo, os vinhos de mesa, brancos, tintos, o vinho de cheiro, a angélica e as aguardentes do Pico, podem ser encontrados em qualquer restaurante ou supermercado.

 

 

 

Diversão

 

            Durante o Verão, os três concelhos da nossa ilha preparam, cada um uma semana de festas. Assim sendo temos as festas de S. Roque do Pico, conhecidas como “Cais de Agosto”, que se realizam na última semana do mês de Julho, as festas de Santa Maria Madalena, que se realiza na semana de 22 de Junho, em que se homenageia a padroeira do Concelho da Madalena e por fim temos as festas das Lajes do Pico, conhecidas como “Semana dos Baleeiros” ou “Semana de Nossa Senhora de Lurdes”, que decorre na última semana de Agosto.

            A festa do nosso Concelho (Lajes do Pico) dá lugar a espectáculos musicais, regatas de botes baleeiros, exposições e outras actividades culturais, sem esquecer a componente religiosa em homenagem a nossa Senhora de Lurdes. Nesta época, as Lajes são visitadas por milhares de pessoas. Também se realiza, desde 1998, a Bienal de Baleias dos Açores, onde se reúnem especialistas nacionais e estrangeiros, ligados à actividade de observação de baleias.

 

                                   

                                

                                      Festas tradicionais aspectos etnográficos

 

            O artesanato da nossa ilha é reconhecido internacionalmente. A caça à baleia produziu a matéria-prima para se desenvolver uma actividade artesanal riquíssima. Trabalhos em osso e dente de baleia, reproduzindo cenas e instrumentos da actividade baleeira, assim como outros temas, nomeadamente réplicas de botes baleeiros, são uma expressão artística de elevada qualidade. Peças esculpidas em madeira de cedro, trabalhos em ráfia, palha de trigo, escamas de peixe e bordados são outra faceta do nosso artesanato.

            Na nossa ilha existem excelentes grupos folclóricos e excelentes intérpretes de música popular. A Chamarrita, o Caracol, Larum-tam-tum, Pezinho do Pico e Sapateia são modas que antigamente eram bailadas em dias de festa.

 

 

 

publicado por futurodirasbaleia às 14:08
link do post | comentar | favorito

Nós como grupo

Nós formamos um grupo de Área de Projecto constituído por quatro elementos: Jorgina José Pedro, Leila e Romeu.

            Todos nós nascemos no ano de 1990, excepto o José, que nasceu no ano de 1988.

            Apesar de nós todos frequentarmos o Curso de Ciências e Tecnologias e estarmos na mesma turma, a Jorgina e o José têm como disciplina específica Economia A, enquanto que a Leila e o Romeu têm a Biologia, como disciplina específica.

            Cada um de nós tem gostos totalmente diferentes:

 

 

José Pedro

Leila

Romeu

Jorgina

Comida preferida

Pizza

Lulas grelhadas

Camelloni

Canja

Cor preferida

Verde Alface

Preto

Vermelho

Castanho

Número preferido

69

4

5

3

 

Animal preferido

Ovelha

Orca

Camaleão

Cão

 

 

            No entanto todos nós temos duas coisas em comum: todos nós temos olhos e cabelos castanhos e temos o mesmo objectivo: construir um possível futuro para a nossa Vila!

publicado por futurodirasbaleia às 13:55
link do post | comentar | favorito

.sobre nós

.Maio 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.posts recentes

. Área de Projecto de 12º a...

. Feira do Livro "Folhas So...

. Diz ‘Não’ às Drogas"

. V Jornadas Interdisciplin...

. Desenvolvimento sustentáv...

. Entrevista ao Sr. Engenhe...

. Entrevista à Presidente d...

. Notícia: Inauguração do c...

. Entrevista dirigida à pro...

. Desfile de Carnaval

.arquivos

. Maio 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.pesquisar

 
blogs SAPO

.subscrever feeds